terça-feira, 30 de dezembro de 2008

Hipérion a Belarmino

"Ah! Se jamais tivesse freqüentado as suas escolas. A ciência que segui até o fundo do poço, da qual esperei, jovem tolo, a confirmação de minha alegria pura, ela arruinou tudo em mim.
Com vocês, tornei-me tão sensato, aprendi a me distinguir fundamentalmente daquilo que me cerca e eis que vivo, então, isolado neste belo mundo, fui expulso do jardim da natureza onde cresci e floresci, ressecando ao sol do meio-dia.
Oh, o homem quando sonha é um deus, mas quando reflete é um mendigo; e quando o entusiasmo acaba, ele fica ali parado, como um filho desgarrado, expulso da casa paterna, observando o miserável centavo que a compaixão jogou em seu caminho."

Friedrich Holderlin


Feliz 2009.

Um comentário:

Anísio disse...

hahahahhahahah
...
fantástico, me empresta na sequência?